A Fábrica

Setembro 07 2006

O convite do Partido Comunista Português às Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia- Exército do Povo (FARC-EP), para estar presentes na festa do Avante, representa um acto, que devemos condenar veemente.
As FARC-EP são, na realidade, uma organização mafiosa não uma organização revolucionária. A principais fontes de financiamento das FARC-EP são o tráfico de droga, os sequestros e as extorsões.
Segundo a Human Rights Watch os combatentes das FARC-EP são na sua esmagadora maioria crianças entre os 12 e os 18 anos. As crianças que tentarem escapar das suas fileiras, são punidas com tortura e a pena de morte.
Além de tudo o que já foi dito, é obrigatório acrescentar que as FARC-EP, são sucessivamente acusadas pela Amnistia Internacional, como uma das organizações que mais viola os Direitos Humanos.
Por último, mas não menos importante e nunca é de mais repetir, as FARC-EP são consideradas pela União Europeia, como uma organização terrorista e é, em conformidade com este estatuto que devem ser tratadas.
publicado por Armando S. Sousa às 17:32

mais sobre mim
Setembro 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
12

17
18
19
20
21
22

24
26
29
30


pesquisar
 
blogs SAPO